Série unhas

Os cosméticos mais utilizados nas unhas são os esmaltes, os removedores de esmalte, os removedores de cutículas e unhas postiças. Estes cosméticos podem sensibilizar a um ou mais dos diferentes componentes químicos podendo provocar dermatite irritativa e/ou dermatite alérgica e outras doenças de unhas como: paraníquia, onicomicose e distrofia das unhas. A sensibilização não ocorre somente na região das unhas, podendo manifestar-se também nas pálpebras, em torno da boca, queixo e pescoço.

Os esmaltes são compostos por solventes, diluentes, agentes formadores de filmes, corantes e pigmentos (sintéticos ou naturais). Aplicados sobre a superfície das unhas formam uma película plástica brilhante pela evaporação dos solventes, formando uma camada protetora cujo objetivo principal é colorir as unhas. O solvente serve para acelerar a secagem e o diluente, como o próprio nome diz, para diluir a mistura que é plástica. A indústria vem adicionando aditivos, como vitaminas, no intuito de fortalecer as unhas ou até mesmo utilizando-os como medicamentos contra doenças presentes nelas.

PRINCIPAIS CAUSADORES DE REAÇÕES ALÉRGICAS NA COMPOSIÇÃO DOS ESMALTES
Formaldeído: resina do esmalte. Função de dar aderência e durabilidade Tolueno: solvente da fórmula tradicional de esmaltes
DBP (dibutilftalato): plastificante, que aumenta o brilho e a flexibilidade Mica e Guanina: pigmentos utilizados nos esmaltes cintilantes e perolados Cloreto de cobalto, Níquel, Colofônio e Corantes: outros complementos dos esmaltes.

A composição dos esmaltes é basicamente 85% de solventes e 15% de resinas, plastificantes e outros componentes.
Solventes: acetato etílico ou butílico; tolueno; álcool isopropílico; dibutilftalato; formaldeído ou formol.
Resinas: polímeros (plásticos); nitrocelulose e aditivos.
Plastificantes: cânfora; copolímero de etileno; polimetilacrilato; esteralcônio de hectorita; poliuretano.
Corantes e pigmentos: fontes orgânicas ou inorgânicas (rochas, minérios, flores, folhas) produzidas sinteticamente.

Os removedores de esmalte, contém, em sua grande maioria: solventes como acetona, álcool, acetato de etila e acetato de butila. Provocam irritações e ressecamentos da pele ao redor das unhas. Existem removedores de esmaltes contendo materiais gordurosos em sua composição (ex.: álcool cetílico, lanolina e óleos sintéticos) para diminuir a desidratação local.

BATERIA DE TESTE DE CONTATO - SÉRIE UNHAS:
Os removedores de cutículas dissolvem o excesso de tecido cuticular das unhas. Contém: hidróxido de sódio ou de potássio (2 e 5%) propilenoglicol ou glicerina. Seu uso não é recomendado: provoca inflamação paroniquial e infecção secundária bacteriana ou colonização fúngica.

 

Solicite orçamento da vacina

Pessoa Física
Pessoa Jurídica